Para começar a atuar na corretagem de imóveis rurais é preciso conhecer o máximo possível desse setor. Um cliente poderá procurar por fazendas para comprar ou até mesmo áreas não exploradas da propriedade privada, por isso, é importante que o corretor saiba os mínimos detalhes da região para vender. É preciso entender as questões legais sobre reservas e áreas preservadas, entre outras questões legislativas e informações que podem direcionar a compra da terra pelo interessado.

Para ser vendido, os imóveis rurais precisam estar cadastrados e ter as informações disponíveis para acesso no CAR (Cadastro Ambiental Rural) e ter um documento chamado CCIR, que comprova a existência do cadastro da propriedade rural, tornando-a regularizada para a venda de forma legal. Essa burocracia age como uma forma de escritura do imóvel. Um outro sistema que foi criado para facilitar a alteração de informações diretamente na internet pelo proprietário é o SNCR (Sistema Nacional de Cadastro Rural).

Um fator que influencia diretamente no valor de venda e teve seu formato de cálculo alterado para maior precisão, é a medição das áreas rurais, que anteriormente eram realizadas com o uso de cordas na vertical e horizontal, e nos dias de hoje, tudo é feito via sistema GPS, medido apenas horizontalmente para eliminar aumento indevido de preços para a região.

A lucratividade das áreas rurais é um ponto importante e bastante discutido, visto que para quem compra o negócio precisar ser rentável sempre e para quem vende, tanto proprietário quanto corretor, o negócio deve ser lucrativo. Nesse mercado, quando existe um profissional de corretagem qualificado no negócio, todos saem ganhando. Os tipos e valores de imóveis rurais vão depender do objetivo do cliente (podendo ser fazenda, chácara, sítio, campo), e para qual finalidade será utilizada.

A captação de clientes interessados em atividades agrícolas e propriedades rurais pode ser feita da mesma forma que são realizadas hoje para empreendimentos urbanos, já que muitos investidores estão ligados nas oportunidades que o mercado oferece. Na maioria das vezes essas vendas são anunciadas através da internet, pelo site da imobiliária especializada em imóveis rurais e pelas redes sociais. Ter um site bem alimentado, com as palavras-chaves corretas, informações detalhadas e fotos dos imóveis rurais é uma oportunidade excelente de concentrar tudo o que o seu cliente gostaria de saber sobre o que procura em um único lugar.

Conforme Nilo Ourique, proprietário da Nilo Imóveis Rurais e Urbanos, uma empresa consolidada á 15 anos no mercado imobiliário na cidade de Santa Maria/RS, negociar um imóvel rural se diferencia em muitos pontos da negociação de um imóvel urbano. “Estamos tentando sempre evoluir a forma de atendimento e de operacionalizar no mercado rural, buscando constantemente facilitar a vida do cliente rural, de forma que ele perca o mínimo de tempo possível e que a gente consiga dar um bom atendimento dentro da realidade de cada área. Nesse período de atuação vimos muitas mudanças, nas regiões, nos municípios, mudanças de mãos e até de finalidade de áreas. O mercado do agronegócio evolui constantemente e nós acompanhamos essas evoluções.”

 

(Fonte: www.imovelweb.com.br/corretagem-de-imoveis-rurais)

 

 

Compartilhe esse post!